Paineis de Controlo: CPanel Plesk e afins

    Código QR para este tuto

Este artigo pretende explicar de forma clara e sucinta o que é um Control Panel ou Gestor Web e para que serve. Vamos focar os pontos positivos e negativos da sua utilização para gerir um servidor Linux, com um enfoque particular nos mais conhecidos, CPanel e Plesk, mas também apontando softwares alternativos Open Source e grátis.


Um Painel de Controlo Web é… Bem, é isso mesmo. Os painéis de controlo, também designados (em inglês) Control Panel, são Gestores Web e permitem gerir servidores Linux através de uma interface gráfica. Trata-se de uma solução elegante e, por vezes até, bastante eficiente para os utilizadores gerirem múltiplos websites em Servidores Virtuais ou dedicados.
A grande mais valia deste software é o facto de permitir que utilizadores sem grandes conhecimentos técnicos possam, de forma simples, administrar através de um ambiente gráfico, servidores Linux.
Torna-se, assim, possível gerir um servidor e múltiplos websites, sem um conhecimento especializado de sistemas de informação ou administração de servidores.

Os Control Panel mais famosos e utilizados são dois: o CPanel e o Plesk . São ambos software pago, ou seja, implicam um pagamento e, claro está, encarecem o preço de uma hospedagem Web. Passemos a ver cada um destes softwares com mais pormenor:

CPanel
O CPanel é um gestor bem completo e com uma utilização relativamente simples. Podemos dizer que este gestor tem uma curva de aprendizagem reduzida para um utilizador que tenha conhecimentos básicos sobre alojamento web e servidores. O Software inclui funcionalidades de automatização de tarefas, permite executar, por exemplo, criação de bases de dados, contas de e-mail, domínios, subdomínios, registos dns, entre outras. Este é um software pago, sendo frequentemente o seu valor incluído nos planos de hospedagem.
Confira aqui o visual deste gestor:
imagem
Caso queira aprofundar seu conhecimento deste gestor web, teste aqui o ambiente do CPanel .

Plesk
O Plesk é, a par do CPanel, dos softwares mais utilizados para gestão web. É diferente no ambiente gráfico, mas de certa forma, semelhante ao CPanel nas funcionalidades. Permite efetuar o mesmo tipo de tarefas como a criação de bases de dados, contas de e-mail, domínios, subdomínios, registos dns, entre outras. Este também é um software pago e também costuma estar incluído nos planos de hospedagem de sites.
Confira aqui o visual deste gestor:
imagem
Caso queira aprofundar seu conhecimento deste gestor web, teste aqui o ambiente do Plesk .
Gestores Web Alternativos
Os dois Control Panel mais utilizados são comerciais e implicam um aumento considerável com os custos da infraestrutura web. Por essa razão, surgem cada vez mais soluções Open Source e de utilização grátis. Vamos ver algumas:
Ajenti O Ajenti é uma plataforma com fama de ser leve e poderosa, direcionada para a gestão de pequenos servidores e com extras excelentes, como por exemplo, editores de código e acesso ao terminal.

ISPConfig O ISPConfig é uma plataforma de Gestão Web com excelentes funcionalidades de tradução para outras línguas, facto que pode ser importante para quem não é fluente em inglês. Ao nível das funcionalidades, permite realizar a generalidade das tarefas que um CPanel ou Plesk desempenham.

ZPanel O ZPanel é um projeto com um ambiente gráfico atrativo e com as funcionalidades essenciais dos outros gestores Web. É mais uma alternativa aos gestores pagos.

Estes são apenas três de muitas alternativas aos gestores Web. Na verdade, uma pesquisa pelo Google irá indicar muitos mais e é de esperar que, no futuro, surjam muitos mais, potenciados pelo movimento Open Source. Caso entenda que um Gestor Web é uma solução para si, não deixe de seguir os links que deixamos anteriormente para testar cada solução. Praticamente todos permitem um teste em ambiente demo.

Mas se os gestores web têm vantagens, a verdade é que também têm desvantagens. E, na realidade, as desvantagens dos gestores web aumentam na proporção do conhecimento técnico dos seus utilizadores.
Quer isto dizer que estes softwares são ótimos para facilitar a realização de tarefas para utilizadores iniciantes e com pouco conhecimento técnico do Linux.
Detalhe:
O consumo de hardware dos Control Panel varia muito. O CPanel, por exemplo, pode consumir em RAM desde 100mb a 500mb. O valor exato varia da infraestrutura do servidor e das aplicações. Como o CPanel, todos os gestores web consomem recursos de CPU e RAM de um servidor.

Assim que um utilizador ganha alguma autonomia na linha de comandos, começa a sentir que o CPanel, Plesk ou qualquer outro, na realidade, limitam a utilização de todo o potencial do servidor Linux. Por exemplo, o agendamento de tarefas que os gestores web permitem não são mais do que um Cronjob. Ora, para quem sabe, um Cronjob estabelece-se no terminal com uma linha de código. Pode ser combinado com outros comandos ou mesmo ser configurado para recorrer a scripts específicos ou outros softwares.

Pros e contras dos Gestores Web
Vamos então sintetizar objetivamente os prós e contras dos Gestores Web:
A favor:
Simplificam algumas tarefas.
Não requerem conhecimentos técnicos aprofundados.
Não requerem interferir com a linha de comandos.
Apresentam ambientes gráficos atrativos e simples, fáceis de dominar.
Contra:
Consomem recursos de hardware de um servidor.
Dificultam, em grande medida, a realização de tarefas para além das que estão disponíveis no ambiente gráfico.
Dificultam a deslocação no sistema de ficheiros.
Nas versões pagas acrescem custos à infraestrutura.
Impõem limitações à utilização ou configuração que um utilizador queira fazer do seu servidor.




Ficamos por aqui neste artigo onde tentámos dar, de forma sucinta, uma visão geral sobre o funcionamento dos gestores Web, focando os mais populares e identificando algumas alternativas grátis.

Esperamos que tenha gostado. Divirta-se! A equipa Linuxando.

Curtir este comando!
5 curtiram
Dica Linuxando

Quais os 5 ficheiros mais pequenos do sistema?

[root@linuxando] >_

find . -type f -exec ls -s {} ; | sort -n | head -5


Submetido por Equipe linuxando

8 curtiram
Curtir!Ver nova dica
imagem

5 curtiram
Curtir!
Receber uma dica linux agora
Receba dica agora
logo!

18 curtiram
Curtir!
termos e condições | contato | 2018 Designed and developed by WebAzores .:. © All Rights Reserved.
Receber dica Linux por SMS agora
Brasil
Portugal
No Brasil envie SMS para o número 49602 com a palavra

FOR2 LINUX DICA

Custo R$ 1,99 + tributos

Ao enviar a mensagem, por favor aguarde a confirmação do pagamento e evite enviar a mesma mensagem diversas vezes. Lembre-se de sempre pedir autorização de um adulto antes de realizar a compra. As transações podem custar R$ 1,99 + tributos, R$ 4,00 + tributos ou custa R$ 9,99 (R$ 6,99 + tributos).Instruções para a utilização do método de pagamento Pagamento Celular da Fortumo: http://fortumo.com/btc. R$ 1,99 + tributos, R$ 4,00 + tributos - Serviço disponível para as operadoras CLARO, OI, TIM e VIVO. R$ 9,99 - Serviço disponível para as operadoras CLARO, OI e VIVO.
×