Compreender o Inode em Linux

    Código QR para este tuto

Inode é um daqueles termos com que frequentemente nos deparamos, concretamente quando estamos a tratar de sistemas de dados e ficheiros em Linux. Nesta publicação vamos entender o que é um Inode, que características possui e para que fins serve.


imagem O termo Inode deriva da expressão Index Node e é basicamente uma estrutura existente num sistema de ficheiros com informação sobre os dados armazenados neste sistema. Colocando de uma forma mais simples, podemos dizer que um Inode é um mapa dos dados guardados num disco rígido, USB, ou qualquer outro sistema de ficheiros.

Este mapa é fundamental para o correto funcionamento de um sistema de ficheiros pois permite ao sistema encontrar rapidamente um dado ficheiro. Consequentemente, o Inode num disco é atualizado sempre que são alterados os dados neste dispositivo. Apesar de conter informação sobre os dados presentes num dispositivo, o Inode não contem os dados em si, ou seja, voltando à metáfora do mapa: imaginemos que um mapa pode levar-nos à biblioteca mais próxima, ele contém nomes de ruas e as direções para lá chegar, mas não contém livros. Um Inode, por sua vez, contém dados sobre os dados, ou se preferir, meta dados, não guarda os dados em si.
Detalhe:
Num determinado dispositivo de armazenamento o inode pode ocupar até 1% do espaço total deste dispositivo.


Desta forma, é compreensível por exemplo que se você guarda em seu Disco Rígido (hd) um trabalho académico com 150 folhas, no Index Node ou Inode do seu disco estará informações sobre o ficheiro que contém seu trabalho, por exemplo, qual é o tipo de ficheiro, que tamanho tem o ficheiro, que permissões estão associadas a este ficheiro, entre outros dados que veremos em pormenor mais à frente, mas não estará a introdução ou desenvolvimento que você escreveu.
Que informações podemos encontrar no Inode?
Cada entrada de registo de um Inode tem um tamanho de 128 bytes e as informações aí guardadas podem incluir:
Número de Inode;
Controlo de acesso (ACL);
Propriedades ou atributos;
Número dos Blocos do dispositivo (Localização no disco);
Numero de blocos do dispositivos ocupados;
Informação sobre acesso, modificações ou eliminação do ficheiro;
Tamanho do ficheiro;
Tipo de ficheiro;
Dono, grupo e permissões do ficheiro.
Toda esta informação guardada sobre os ficheiros nos nossos dispositivos de armazenamento serve primeiramente para um funcionamento ótimo de nossos dispositivos, no entanto, nós podemos consultar a informação do Inode em nossos dispositivos. Vejamos os seguintes exemplos para utilizar numa linha de comandos:
Para verificar o número de Inode de um ficheiro com o nome superdoc.txt digitamos ls –i superdoc.txt .
Para verificar informação mais em detalhe do que simplesmente o número de Inode, para o mesmo ficheiro, digitamos stat –i superdoc.txt.
Para encontrar os números de inode dos diretórios em seu sistema de ficheiros pode digitar tree –a –L 1 –inodes /.
Caso queira apenas consultar o número de Inode de um diretório_específico basta introduzir ls –i diretório_especifico.

Terminamos assim nossa visão sobre o que é e para que serve um Inode em Linux. Chama-se a atenção para o facto de esta ser uma abordagem ao de leve sobre estas estruturas, pois existem mais particularidades e outras funcionalidades possíveis de realizar.
Se pretender ver este tópico aprofundado, basta informar na nossa secção de contatos e certamente iremos fazer uma abordagem mais aprofundada.

Caso se esteja a iniciar no Linux, não deixe de consultar nossa secção de artigos dedicados ao Linux, nomeadamente nosso artigo de Linux para iniciantes.

Caso esteja a conhecer e explorar o Sistema Operativo Linux, nossa secção sobre as mais conhecidas distribuições Linux pode orientá-lo sobre que distribuição escolher a seguir e como instalá-la.

Caso seja já utilizador Linux e queira aventurar-se no campo dos Servidores Linux, veja nossa série de artigos dedicados à configuração de um Servidos VPS em Linux, com base no Linode e Debian.

Divirta-se!
A equipa Linuxando


Curtir este comando!
35 curtiram
Dica Linuxando

Veja no terminal que dia será exatamente daqui a 200 anos

[root@linuxando] >_

Date --date='200 year'


Submetido por Equipe linuxando

9 curtiram
Curtir!Ver nova dica
imagem

11 curtiram
Curtir!
Receber uma dica linux agora
Receba dica agora
logo!

26 curtiram
Curtir!
termos e condições | contato | 2017 Designed and developed by WebAzores .:. © All Rights Reserved.
Receber dica Linux por SMS agora
Brasil
Portugal
No Brasil envie SMS para o número 49602 com a palavra

FOR2 LINUX DICA

Custo R$ 1,99 + tributos

Ao enviar a mensagem, por favor aguarde a confirmação do pagamento e evite enviar a mesma mensagem diversas vezes. Lembre-se de sempre pedir autorização de um adulto antes de realizar a compra. As transações podem custar R$ 1,99 + tributos, R$ 4,00 + tributos ou custa R$ 9,99 (R$ 6,99 + tributos).Instruções para a utilização do método de pagamento Pagamento Celular da Fortumo: http://fortumo.com/btc. R$ 1,99 + tributos, R$ 4,00 + tributos - Serviço disponível para as operadoras CLARO, OI, TIM e VIVO. R$ 9,99 - Serviço disponível para as operadoras CLARO, OI e VIVO.
×